O anel aparador é uma das tendências do século passado que voltou com tudo nos últimos anos. Ele deixa a mão feminina muito mais atraente, além de destacar o anel de compromisso, seja ele de noivado ou casamento.

No entanto, é uma peça extremamente versátil e que pode ser utilizada de diversas formas, seguindo o contexto que falamos anteriormente.

Ela não possui função aparente, normalmente utilizada para fins estéticos, dando maior ênfase à aliança ou, até mesmo, para destacar o anel aparador, que pode ter ou não ter pedrarias.

Se você aderiu a essa moda e quer saber um pouco mais, principalmente dicas de como utilizar, veja a seguir com a Hésttia e tire suas dúvidas. Tenha uma boa leitura!

História do anel aparador

O anel aparador, também conhecido como aparador de alianças, é uma tradição antiga, de pelo menos duas a três gerações passadas.

Em meados dos anos 30 ou 40, era muito comum o uso da aliança de compromisso ou de noivado junto à aliança de casamento.

Apesar de existir poucos fatos históricos relatados sobre a origem do anel aparador, é possível afirmar que o costume iniciou nos Estados Unidos e na Europa, onde existe o hábito de presentear com alianças para marcar um evento especial, como um nascimento de uma criança.

Sendo uma tradição diferente do que temos atualmente, que a aliança é marcada por compromissos, como namoro, noivado e casamento.

Naquela época, a aliança era utilizada para marcar um fato na história do casal, que seja muito importante e não apenas as datas de união do casal.

Dessa forma, por ter várias opções de alianças, algumas eram utilizadas juntas. Assim, acredita-se que nasceu o anel aparador.

Essa era uma tradição que foi esquecida por muitos anos, voltando com tudo a partir dos anos 2000 e cada ano trazendo novidades para o mercado, com inovações e pedrarias, deixando uma tradição antiga mais viva do que nunca.

Atualmente, o uso desse acessório tem caído no gosto popular, já que não necessariamente precisa ser uma aliança marcada por um compromisso.

Pode ser um anel muito querido da família, anéis que marcam períodos de felicidade da família, como um presente de uma avó ou de uma mãe.

Por isso, existem vários tipos de anéis aparadores, para contemplar a variedade e versatilidade da sua utilização, já que cada mulher tem um estilo e um motivo para optar pelo uso do anel aparador, que nem sempre está ligado às alianças.

O que é o anel aparador?

O anel aparador é um tipo de anel sem significado específico, mas utilizado no dedo em que está a aliança de compromisso, que pode ser noivado ou de casamento. Seu uso é em grande maioria estético.

Contudo, ele desempenha uma função em casos em que a aliança está frouxa e não existe a possibilidade de ajuste, o anel aparador é uma boa opção para resolver a situação.

Além disso, ele deixa a mão muito mais elegante e charmosa, pois existem inúmeras opções, cada uma mais versátil do que a outra!

Você pode escolher com pedras solitárias, com pedrarias por todo o anel ou apenas no metal escolhido ou com recortes.

A sua escolha depende apenas dos seus gostos pessoais e do tipo da sua aliança. Se ela for de ouro, o ideal é que o anel aparador siga a mesma tendência, bem como outros materiais, mas se você também gostar de misturar estilos e padrões, fica a seu critério.

Anel aparador
Anel aparador

Quando devo utilizar?

O uso do anel aparador pode ser utilizado em duas situações:

Para utilizar a fim de segurar a aliança, é importante escolher um modelo que auxilie no propósito.

Dessa forma, ele deve ser mais grosso e mais apertado do que a aliança, para que possa cumprir o seu papel: segurar a aliança.

Dessa forma, ele funciona muito bem em situações em que não é possível realizar o ajuste na aliança e pode ser utilizado como um artifício para mantê-la no lugar.

Já para fins estéticos, você pode optar por um anel aparador que combine mais com o seu estilo. Contudo, você dispõe de inúmeras possibilidades, como:

anel aparador
anel aparador

Como uso o Anel aparador?

Há quem defenda que existem formas de utilizar o anel aparador. No entanto, há quem defenda o uso livre do anel aparador, de acordo com os gostos pessoais. Porém, hoje vamos recomendar duas formas de uso, que são as mais comuns.

A primeira, é utilizar o anel aparador juntamente à aliança, principalmente nas situações em que ela tiver frouxa ou precisar de algum tipo de ajuste.

Dessa maneira, o anel aparador vai funcionar como uma forma de ajuste, que manterá a aliança no lugar.

Adicionalmente, os principais materiais utilizados para esse fim são a zircônia e o aço, mas fica ao seu critério, de acordo com seus gostos e como acredita que fique com uma estética melhor.

Já a segunda forma, é fazendo da aliança um “sanduíche” de dois anéis aparadores. Primeiramente, coloca-se o primeiro anel aparador, seguido da aliança e finaliza com um segundo anel aparador.

Todavia, nesse formato, é recomendado que os tipos de aparadores sejam os mesmos, para manter a coerência do estilo que está sendo criado.

Quando as três peças são diferentes, acaba criando uma impressão diferente, e dependendo do estilo pode ficar um pouco mais grosseiro do que o esperado.

Adicionalmente, utilizando o estilo “sanduíche”, você pode optar por um dos aparadores ser de pedraria e o outro não, mas seguindo o mesmo estilo de material e o mesmo formato- ou um solitário e outro apenas no metal.

Desse modo, você consegue manter uma coerência no padrão que está sendo montado, sem que fique destoando da proposta.

anel aparador
anel aparador

Anel aparador com Pedras

O anel aparador com pedras é uma opção interessante para quem está buscando aliar a necessidade (em casos em que o anel for utilizado como um aparador para a aliança), pois ela dá um charme adicional para a mão feminina.

Existem duas opções:

As duas opções são incríveis e podem ser utilizadas com a aliança, entretanto o anel cravejado pode ser escolhido em diversas cores e com formatos variados, que vão de acordo com os gostos pessoais.

Existem opções de pedrarias para todos os gostos e estilos, basta escolher o seu preferido.

Já o anel solitário é uma proposta mais antiga, normalmente uma pedra mais clássica ou semelhante em tons claros ou como uma semijoia, para deixar a mão mais delicada e destacar o anel solitário sem esquecer da aliança.

Com Pedra
Com Pedra

Anel aparador sem Pedras

Por fim, o anel aparador sem pedras pode ser utilizado como estética ou com a função de segurar a aliança.

Mesmo que não apresente detalhes em pedrarias, ele pode ter recortes diretamente no metal ou ser totalmente liso, de acordo com o metal escolhido para a peça.

Apesar de os mais comuns serem em zircônio e aço, existem opções em prata e em ouro, que podem ser agregadas à aliança, sendo uma proposta mais simples, mas igualmente charmosa.

Quais as melhores combinações de anéis aparadores?

Como falamos anteriormente, o anel aparador tem grande versatilidade para ser utilizado de diversas formas.

Existem combinações que são mais utilizadas e outras que são menos procuradas, mas podem ser utilizadas sem medo. Por isso, veja a seguir algumas sugestões para uso.

Anel solitário

O anel solitário é uma das peças mais utilizadas como anel aparador, sobretudo por celebridades, visto que ele permite que uma peça de joia seja utilizada em conjunto com a aliança.

É possível usar na composição de look, sem ser para uso diário.

Para dar um destaque especial para a aliança ou para a peça em questão. Existem solitários como meia aliança e anéis sem a proposta, mas que se destacam perante a produção escolhida.

Anel fino ou liso

O anel aparador liso ou que seja mais fino é uma forma de destacar a aliança, pois ele não terá detalhes que possam competir com a aliança.

Dessa forma, acaba criando um contraste perfeito para a peça. Se quiser, pode encontrar uma peça que tenha um pequeno ponto de luz, para que ela perca a essência e mantenha a ideia clássica.

Anel de zircônia

O anel de zircônia pode ser utilizado como aparador de alianças, todavia, recomenda-se que se tenha cuidado com o uso, pois ele pode ter um destaque maior do que a própria aliança, e isso pode atrapalhar um pouco a ideia original, que é ter um anel para destacar a aliança e não ao contrário.

Dicas práticas para usar um anel aparador

Agora que você já sabe tudo sobre o anel aparador, separamos algumas dicas simples para que você use a aliança aparadora da melhor possível, aproveitando toda a versatilidade da peça para aumentar o charme e o destaque da peça. Veja a seguir!

Tenha harmonia em suas escolhas

Ao falar sobre harmonia, pensamos em um contexto geral e não apenas nas peças que serão utilizadas na composição.

Então, na hora de escolher qual será a melhor opção para anel aparador, pense nas composições de looks, de acordo com as peças que você tem no armário.

Porém, se a escolha for para uso diário, opte por uma aliança aparadora mais simples e com menos detalhes, para que ela possa ser utilizada em qualquer ocasião.

Se for uma peça que será utilizada em ocasiões especiais, você pode escolher por pedrarias ou solitários.

Pense no seu estilo pessoal

Seu estilo pessoal deve ser levado em consideração na hora da escolha do seu anel aparador.

Se você tem um estilo moderno, com peças mais contemporâneas, opte por peças mais chamativas, mas não brigue com sua proposta de look. Lembre-se de que deve ser uma composição e não uma disputa!

Já se seu estilo for mais romântico, você pode optar por peças mais delicadas, com solitário ou pedrarias delicadas em materiais com metais nobres, para aumentar a delicadeza da peça escolhida, dependendo da composição, você pode optar pelo estilo “sanduíche”, pois combina com peças mais delicadas, que não “briguem” entre si.

Tamanho dos dedos e das mãos

Essa é uma questão que deve ser analisada cuidadosamente, pois pode significar a harmonia ou desarmonia de uma composição de peças.

Mulheres com mãos grandes podem optar por peças maiores, uma vez que além da questão do espaço para manter os anéis nos lugares corretos, eles farão uma boa composição, deixando a mão mais delicada e feminina.

Mas se o estilo for mais delicado, pode optar por uma composição mais delicada, no entanto com mais anéis.

Contudo, se a mulher tiver a mão menor, não é recomendado o uso de anéis grandes, pois ele não ficará harmonioso com o restante da produção. O destaque será muito grande nas mãos e pouco nas outras peças. E essa não é a proposta desse tipo de composição.

Por isso, sempre análise esses fatores antes de escolher o anel aparador perfeito para sua composição de looks e de estilos, porque todos os fatores listados acima devem ser considerados na hora da escolha, para evitar que uma peça não esteja de acordo com o estilo pessoal.

O anel aparador é versátil, inclusivo e muito versátil. Por isso, escolha bem sua composição, pois existem opções para todos os gostos e estilos, e só depende da sua escolha pessoal para ter uma composição incrível.

Gostou desse conteúdo?

Veja mais artigos com dicas e sugestões de uso de joias e semijoias que combinem com o seu estilo em nosso Blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.