Originada dentro de conchas no fundo do mar, a madrepérola é uma dentre as milhares de pedras preciosas que existem ao redor do mundo, sendo muito reconhecida e famosa pela beleza que apresenta.

Além de serem cintilantes, lindas e capazes de transformar qualquer acessório em uma espetacular joia, a madrepérola é uma substância calcária à base de nácar proveniente da parte interna de uma concha.

Durante essa leitura, entenderemos tudo sobre o que é madrepérola, o significado e seu uso no mercado de joias nos dias de hoje.

Venha com a Hésttia e acompanhe até o final!

O que é madrepérola?

Muito utilizadas em no mercado de joias atualmente a madrepérola ou nácar como é conhecida, trata-se de uma substância dura, irisada e muito rica em calcário possuindo cerca de 90%, mais 6% de material orgânico e 4% de água em sua composição.

Elas são formadas principalmente a partir da família dos bivalves dos moluscos que existem no interior das conchas.

A madrepérola é a responsável por fazer o revestimento no interior de diversas conchas e podem ser formadas a partir da liberação por parte de moluscos como se fosse uma reação a um corpo estranho que tenha entrado em sua membrana epitelial.

O molusco começa a liberar essa secreção isolada por conta da irritação que o corpo estranho causa a esse animal.

Então ao liberara a madrepérola, provoca uma calcificação similar a parte interna da concha, que vai formar uma pérola de tamanho variável de acordo com a resistência de cada corpo estranho do animal, bem como as condições climáticas do meio em que estão vivendo.

A propriedade da madrepérola é produzida a partir das camadas mais planas, diferente das pérolas que são produzidas pelas ostras, é composta por camadas esféricas e concêntricas produzidas pelos mesmos elementos do nácar.

Normalmente a madrepérola não é classificada por variedade, por possuir basicamente a mesma composição de material.

O que as pode diferenciar entre as cores, formatos e tamanhos são o tipo de ostra que vai produzir a madrepérola e a região onde ela foi desenvolvida.

É possível encontrá-las tanto em conchas de água doce, como nas conchas da água dos oceanos. Geralmente apresenta coloração esbranquiçada com efeito de brilhante.

Dependendo da forma em que for exposta, uma vez que a madrepérola tem a grande capacidade de refletir a luz, ela vai apresentar tonalidades e cores distintas umas das outras.

Por passar a sensação de elegância e requinte, madrepérola é muito utilizada em decorações, acessórios e principalmente no mercado de joias e semijoias.

Ao serem utilizadas em pulseiras, brincos, anéis e gargantilhas tornassem joias muito requisitadas.

As pessoas que fazem o uso da madrepérola geralmente têm o intuito de transmitir uma sensação, como, por exemplo, relaxamento que o mar traz, ou atribuir algum tipo de significado, como amor e proteção.

São bastante utilizados em looks, apesar de apresentarem uma proposta mais clean.

Então usar um colar de madrepérola significa que ela será o destaque do visual, principalmente quando se tratar de brincos e anéis, uma vez que é utilizado com roupas neutras ou de visual total white.

madreperola
madreperola

Qual o significado da pedra madrepérola?

A madrepérola também é conhecida como a filha do mar, e seu nome faz alusão à mãe da pérola, pois se acredita que a pérola só consegue ser desenvolvida após a formação da madrepérola.

Madrepérola também está fortemente ligado à questão da família, a sensibilidade e a maternidade.

O uso da madrepérola também pode ser associado à mãe universal, a proteção e nutrição maternal sendo muito adequada para crianças.

Além de ser conhecida por transmutar e purificar o ambiente de energias negativas e atrair prosperidade e proteção.

Este tipo de pedra também está relacionada com os signos do zodíaco, de câncer, peixes e aquário.

Outra associação que também é feita com a madrepérola, tem a ver com a Lua, pois vai estimular a imaginação e sensibilidade sendo capaz de aumentar o nível de intuição, trazendo maior equilíbrio para a vida.

Por suas propriedades estarem ligadas a dinheiro e prosperidade, a proteção e a riqueza, também estão relacionadas a esta pedra.

Madrepérola e seu significado espiritual:

Então se o intuito é trazer essas forças positivas para próximo de si, o uso da madrepérola no cotidiano, em acessórios como brincos, colares e anéis é uma escolha bastante assertiva.

Outra dica que auxilia na renovação e no afastamento de energias negativas em determinado local é fazer o uso de uma madrepérola grande no centro do ambiente em questão.

Faz-se necessário também o cuidado com esse tipo de pedra, sendo ideal que seja higienizada uma vez por mês.

A higienização deve ser feita com água corrente e algum tipo de sal marinho, deixando-a nesse processo por cerca de cinco minutos, logo em seguida é aconselhável que seja exposta a luz solar por cerca de duas horas, com o objeto de recompor suas forças.

Outra sugestão para recarregar as energias da madrepérola é com água do mar sempre que for possível, a luz do luar também é muito importante para promover o equilíbrio dessas forças presentes na pedra.

Todas as características espirituais da madrepérola são feitas a partir da associação com o mar, onde se originam tradicionalmente.

Pois isso ajuda a acordar memória primordial escrita profundamente no DNA dos seres, o que faz que um canal do amor cósmico se abra e os pensamentos sejam infundidos.

Além de despertar sentimentos e memórias das células de sentimento de paz, de cura dos medos e das memórias antigas ligadas a idades físicas e emocionais não satisfeitas desde a infância.

madrepérola
madrepérola

Propriedades da Madrepérola:

As propriedades das madrepérolas fazem com que possam refletir uma frequência diferente de acordo com a luz e a maneira em que serão iluminadas, podendo apresentar cores variadas que vão desde os rosas, os azuis, os verdes e os amarelos em diferentes tipos de tonalidade, o que torna um efeito bastante agradável aos olhos humanos.

Contudo apesar das tonalidades, a sua coloração da madrepérola é esbranquiçada e com efeito de brilhante, então é importante estar atento a este fator na hora de verificar a veracidade da peça.

Vale a pena também bater de forma leve uma peça a outra e o som que será emitido deve fazer referência ao barulho das coxinhas do mar, isto ajudará a entender se a pedra é verdadeira ou não.

Qual a diferença para a pérola?

A madrepérola como vimos acima possue uma camada bastante resistente e brilhante fabricada pelos moluscos e que atuam como revestimento das conchas.

Estes são abalones ou uma ostra de pérola com o intuito de proteger os tecidos moles de detritos, ou parasitas.

Por serem iridescentes, com aspecto forte e belíssimas a madrepérola é amplamente utilizada para decoração de móveis, peças arquitetônicas e principalmente de joias.

Já as pérolas possuem em sua composição o carbonato de cálcio o que são provenientes dos moluscos vivos. As suas formas podem variar, porém na maioria das vezes apresentam formato redondo e liso.

Também são formados por uma substância chamada nácar que também estão presentes na madrepérola e que são utilizados para envolver um objeto estranho que adentra o revestimento dos moluscos.

São considerados objetos de beleza em suas melhores versões, possuem valores bastante altos.

Apesar de serem provenientes do mesmo molusco, a madrepérola e a pérola se diferenciam durante a sua construção.

Enquanto a madrepérola é formada por revestimentos da concha, já a pérola vai ser produzida pelo sepultamento de um objeto estranho que acabou se alojando dentro da concha, embora estejam usando o mesmo material que é o nácar.

Com relação aos formatos, a madrepérola vai seguir o formato da concha de acordo com o que ela vai se desenvolvendo em suas paredes e a pérola possui um formato redondo em sua grande maioria.

Com relação a aplicação dessas pedras a madrepérola geralmente é utilizada para adornar móveis, instrumentos musicais e joias. As pérolas são consideradas pedras mais finas e geralmente são avaliadas como pedras preciosas e são utilizadas para fabricar os melhores colares, anéis e brincos.

Independentemente da escolha entre madrepérola ou uma pérola, significa um bom investimento que pode durar uma vida toda.

Em resumo podemos dizer que a diferença e a semelhança existentes entre essas pedras são:

madreperola
madreperola

Colar de madrepérola: Significado

Escapulário de Madrepérola e seu significado:

Originário do latim, a palavra escapulário significa escápula que quer dizer armadura ou proteção, fazendo referência a escápula que é um osso localizado na região dos ombros acima do tórax do ser humano.

A história desse objeto tem ligação direta com a Ordem dos Carmelitas e com Simão Stock, um homem de muita fé e grande devoto de Nossa Senhora.

A história de Simão Stock é contada a partir do ano de 1251, quando ele orou em favor de um sinal de proteção santa.

O seu pedido foi atendido, e ele recebeu de Nossa Senhora um escapulário com a promessa de proteção.

E primeiramente foi concebido como uma espécie de avental e depois foi evoluindo para o que conhecemos nos dias de hoje, duas imagens unidas através de um cordão que pode ser feito de barbante, de tecido, de aço ou qualquer tipo de material.

O escapulário representa um símbolo da religião cristã católica, não podendo ser usado como simplesmente um acessório. Pois envolve questões de proteção e resignação da fé perante Nossa Senhora e Jesus Cristo.

As imagens que são frequentemente mais utilizadas nos escapulários nos dias de hoje são as de Nossa Senhora e do Sagrado Coração de Jesus e também de Nossa Senhora  do Carmo que faz parte da originação do objeto.

E quando falamos de um escapulário de madrepérola, estamos nos referindo a um acessório religioso que é composto de duas medalhas que vão apresentar duas imagens, onde essas imagens estão unidas por um fio.

E é muito utilizado pelos devotos como símbolo da promessa e para nortear as ações daquele que o usar durante o dia a dia.

A utilização correta deste acessório tem relação íntima e semelhante a um amuleto, que tem o objetivo de proteger tanto fisicamente quanto espiritualmente graças à união entre Maria e Jesus, que são sinônimos de bons exemplos de amor e bondade no mundo. 

Então escapulário de madrepérola vai se remeter a essas características citadas acima. E por se tratar de pedras naturais, podem ocorrer variações em suas pedras tanto no formato quanto na tonalidade das cores.

São escapulários que não vão oxidar com facilidade e nem perder a cor de acordo e conforme for sendo usado.

Para a boa conservação dos escapulários de madrepérola é recomendado não fazer uso desse acessório durante a limpeza doméstica, banho de chuveiro, de piscina, praia ou qualquer situação parecida.

Também é indicado evitar contato com substâncias ácidas, principalmente as que contém álcool e quaisquer outras substâncias químicas ou abrasivas entre outros. Seguindo todas estas orientações, provavelmente este escapulário de madrepérola terá uma boa durabilidade preservando a beleza e qualidade do produto.

Escapulario
Escapulario

Por fim, podemos perceber que a madrepérola é uma pedra muito especial que pode ser utilizada em vários setores nos dias de hoje. Além de serem lindas, são raras e com excelente durabilidade o torna ótimo para seus consumidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.