As joias e pedras preciosas garantem ao acessório mais leveza, elegância e sofisticação.

Hoje existe uma diversidade de pedras utilizadas na fabricação dos acessórios, agregando valor ao produto e qualidade a depender de cada material utilizado.

Para saber mais sobre quais pedras são utilizadas nas joias e semijoias continue a leitura deste artigo Hésttia. Boa leitura!

Zircônia

Adornando anéis e joias, a zircônia é uma pedra brilhante muito utilizada em semijoias.

Essa pedra é um mineral raro que pode ser encontrado na natureza, se formando a partir da cristalização do óxido de zircônio em uma estrutura monoclínica, possuindo algumas limitações e ao reflexo da luz.

Essa pedra chamada de zircônia cúbica é muito usada em semijoias e acessórios e é feita dentro de um laboratório, possuindo a mesma estrutura cúbica.

No segmento de joias e semijoias ela possui uma aparência quase igual à do diamante em relação a dureza e brilho.

A lapidação dessa pedra zircônia pode ser realizada em diferentes formatos e estilos para ser colocada em anéis, colares, pulseiras e brincos.

A peça pode ser fabricada em diversas cores, inclusive incolor. No entanto, as principais cores utilizadas são o vermelho e cinza.

Antes de ser produzida em laboratório a zircônia já era muito conhecida pelos povos antigos, pois acreditava-se que se ela fosse utilizada como talismã, poderia atrair um sono calmo e até mesmo um novo espírito.

Ter essa pedra ajudava também a atrair o amor e a admiração de outras pessoas.

As crenças e lendas ao redor da pedra são inúmeras e as pessoas chegam até a acreditar que a pedra é um anjo guardião enviado para Adão e Eva.

De acordo com o que se conta a pedra atrai saúde, sabedoria, honra e prosperidade, e ainda conseguia aliviar dores, aumentar o apetite e proteger os mercadores em suas viagens.

Quem a tinha conseguia muita sorte ao levá-la consigo e a zircônia poderia atrair grandes fortunas.

pedras
pedras

Pérola

Clássicas e atemporais, as pérolas simbolizam a beleza e a pureza. Também conhecida como “Rainha das Gemas” essa pedra preciosa é uma das mais antigas e caras do mundo por conta da sua raridade.

Segundo estudos, a cada um milhão de ostras, apenas uma delas produz uma pérola natural.

De acordo com alguns registros as joias foram mencionadas apenas no ano 2000 a.c de Cristo.

Bastante apreciada na antiguidade, o seu nome pérola vem do latim de pirla e no diminutivo a palavra pérola quer dizer “formato de lágrima”.

Para os povos romanos a pedra pérola simboliza o amor, apesar de alguns países da Europa terem proibido o uso da pérola para os cidadãos comuns na época, restringindo-as apenas para quem era da aristocracia.

pedras
pedras

Diamante

A primeira vez que se tem registro da visualização de um diamante aconteceu há cerca de 3.000 anos pelos povos indianos há mais ou menos 800 anos antes de Cristo.

Por ter um brilho ímpar a pedra era associada a um talismã da sorte de acordo com estudos.

Antigamente essa pedra só era encontrada em rios que ficavam localizados na Índia e logo depois passou a ser encontrada em florestas brasileiras, o que aconteceu decorrente de uma formação geológica.

A pedra é formada por uma substância chamada carbono que pode ser encontrada a 120 km abaixo da terra. As condições existentes de temperatura e pressão nessa camada da Terra são fundamentais para a formação do diamante.

O diamante é encontrado na superfície devido às erupções vulcânicas que fizeram a formação da rocha kimberlito onde podem ser encontrados.

O diamante é extremamente resistente e por isso ele simboliza durabilidade e constância, no entanto é também a joia perfeita para simbolizar o amor eterno, fidelidade e o compromisso entre um casal.

O brilho emitido pela pedra, que é translúcida, está também associado a perfeição, pureza e verdade.

Considerado o material mais duro da Terra, a palavra diamante é de origem grega e tem derivação da palavra “adamas” que quer dizer indestrutível. Por isso, acredita-se que esta pedra é inquebrável.

No entanto, apesar de bastante resistente, a pedra pode sim ser quebrada. Caso ela fosse indestrutível, jamais poderia ser lapidada.

Uma característica bastante interessante sobre a pedra é que existem alguns tipos de diamante com iluminação no escuro, ou seja, eles possuem fluorescência.

Diamantes que possuem essa característica conseguem emitir uma luz visível quando estão expostos a raios ultravioletas.

diamante
diamante

Cristal

Com uma formação muito parecida com a das pérolas, os cristais surgem de fissuras nas rochas.

A origem dessa formação ocorre no magma da Terra que ao encontrar alguma fenda e em contato com o resfriamento inicia o processo de formação dos cristais.

Durante essa formação existem algumas cavidades na superfície onde a água penetra e as pedras de cristal são formadas.

A água represada e em contato com rochas, ou com líquidos ricos em minerais, se forma através da ação do tempo e origina os cristais.

Esse processo em que ocorre a formação do cristal é bem parecido com o das pérolas, quando um pequeno núcleo se forma e vai se expandindo de acordo com os átomos e moléculas que se juntam.

A evaporação desse líquido dá origem aos cristais e bordas que também são conhecidos como depósitos subterrâneos.

Há algumas pedras conhecidas como cristais. Confira abaixo.

Quartzo

Essa pedra é bastante conhecida e utilizada em segmentos industriais e em aparelhos como TV, rádio e relógios.

quartzo
quartzo

Ametista

A pedra ametista é originada a partir do quartzo e é caracterizada como uma pedra semipreciosa.

ametista
ametista

Citrino

A pedra é basicamente um quartzo que contém algumas impurezas férreas que deixam sua coloração mais alaranjada. Hoje o citrino é uma pedra muito utilizada no segmento de joalheria.

joia de citrino
joia de citrino

Pedras: Turmalina

A turmalina é um tipo de cristal que possui um formato prismático e tem várias cores.

As que possuem uma cor preta têm uma grande quantidade de ferro, já as que têm uma rica quantidade de magnésio têm uma cor amarelada, e as que possuem grande quantidade de lítio podem ter cores como azul, rosa, verde e vermelho.

Essa pedra simboliza a manifestação de intenções como clareza, intuição, clarividência, equilíbrio e harmonia.

Quando usado, o cristal de quartzo transparente afasta a negatividade e permite que a pessoa enxergue a vida com muito mais clareza.

Por ser associado ao simbolismo da clarividência, é muito comum encontrar essa pedra sobre a mesa, principalmente em consultas de tarot. O cristal de quartzo é um grande amplificador de energia e por isso essa pedra é associada ao poder de cura.

Acreditam que a pedra esteja associada a alguns benefícios, como:

Além disso, o cristal é considerado uma pedra de inverno por ter seu poder aumentado durante a estação.

Fusion

A pedra fusion é originada a partir de uma união feita com alguns tipos de cristais e pequenos fragmentos de pedras preciosas, dando origem a uma formação de pedra que possui uma aparência craquelada e bem semelhante às pedras preciosas.

Feita em laboratório a pedra fusion é sintética, por isso não é possível encontrá-la na natureza.

Pedras: Strass

Os strasses foram feitos para imitar os diamantes, eles são apenas pequenas pedras de vidro cortadas de forma precisa e que possuem um suporte com um alto teor de chumbo destacando sua luz e brilho e podendo ser encontrado em diversas cores, tamanhos e formas.

O nome da pedra surgiu por volta dos anos de 1775, quando um joalheiro chamado George Friedrich Strass descobriu que poderia imitar um diamante utilizando apenas um pó de metal que iria revestir a parte inferior do vidro.

Apesar da complexidade, o processo foi evoluindo e garantindo mais brilho e qualidade para o strass, como aumento da popularidade dessa invenção pela Europa que ficou conhecido como strass.

Atualmente os strasses podem ser feitos a partir de matizes como acrílico, vidro ou cristais de rochas, que podem ser encontrados em duas formas facetadas ou como cabochão.

Já o seu suporte além de ser feito de metal, também é encontrado folhado, o que aumenta ainda mais o brilho.

Os strasses possuem um reconhecimento mundial e hoje são encontrados tanto em acessórios quanto em peças de roupa.

strass
strass

Rubi

O rubi é uma das pedras preciosas mais raras do mundo e sempre foi associada a uma grande fonte de energia.

Com o nome originário do latim “rubeu” que quer dizer vermelho, essa pedra era bastante utilizada pelos romanos em suas viagens de batalha, pois eram associadas à fonte de coragem.

Os povos gregos também veneravam essa pedra, pois se tinha a crença de que ela era o sangue da Terra, associando o rubi a uma fonte de amor, vida e força.

A pedra possui uma cor rubra, pois na sua composição é possível encontrar o crômio, uma substância utilizada para determinar o valor comercial da pedra, pois quanto mais for o tom de vermelho do rubi, e menos falhas houver, mais alto será o seu valor.

pedras
pedras

Pedras: Esmeralda

A esmeralda é a pedra preciosa mais cobiçada e faz parte de toda a história da civilização.

Pertencente ao grupo dos berilos, a esmeralda tem origem no latim “smaragdus“, que significa clarão, raio.

Utilizada pelos povos antigos como amuleto de sorte, os povos egípcios acreditavam que a pedra era capaz de prever o futuro.

Cleópatra, a famosa rainha do Egito, era muito conhecida por esbanjar beleza e extravagância. Ela sempre utilizava pedras de esmeraldas para que pudesse se manter sempre jovem e muito bela.

Os povos gregos a chamavam de deusa verde de todas as pedras e os romanos acreditavam que ela simbolizava o amor, fidelidade e confiança.

A esmeralda desde a antiguidade foi associada aos profissionais de saúde, pois foi correlacionada a um grande médico mitológico conhecido por Asclépius.

Além disso, ela foi escolhida para representar profissionais da área de saúde, pois se acreditava que ela aguçava a intuição, prevenia de energias ruins e atraia a tranquilidade.

Desde a época de seu descobrimento e até os dias de hoje a esmeralda simboliza jovialidade e beleza e é correlacionada ao bom humor e à calmaria.

esmeralda
esmeralda

Pedras: Madrepérola

A madrepérola é uma substância calcária que tem como base a nácar, responsável por revestir a parte interna de uma concha.

Seu processo de formação é bastante interessante, pois ele acontece quando existe a presença de um corpo estranho tentando entrar na concha. Nesse momento, a madrepérola começa a ser produzida com a função de proteger o molusco dessa invasão.

Dessa forma, quanto mais vezes tiver uma possível tentativa de invasão, mais substância de madrepérola será produzida.

Bastante utilizada para enfeitar objetos e ambientes, a madrepérola é associada à elegância e requinte e estão presentes em objetos decorativos, acessórios e também joias e semijoias.

Acessórios como brincos, pulseira e gargantilhas que têm essa substância viram joias preciosas.

E quem a utiliza costuma associar a madrepérola à proteção, ao amor e à sensação de calmaria e relaxamento que o mar proporciona.

É muito comum encontrarmos as madrepérolas em objetos e artigos religiosos por transmitir a ideia de paz e tranquilidade e serem associados à imagem angelical.

Proporcionando beleza e singularidade, as joias e semijoias de cada pedra têm o seu simbolismo e significado, como histórias bastante interessantes.

madrepérola
madrepérola

Para conferir mais conteúdos como esse, basta acessar o nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.