A zircônia é uma gema produzida de forma sintética no laboratório para servir como uma imitação do diamante, ou seja, quando a pergunta é o que é zircônia, pode – se concluir que é uma das melhores imitações da pedra diamante.

Essas gemas estão presentes na natureza, mas no sistema monoclínico, cristalizadas nesse sistema para constituir um mineral.

Em relação às lojas de joias, esse material também por ser conhecido como “dióxido de zircônio”.

Assim, por ser tão parecida com o diamante, a zircônia se tornou a verdadeira joia das semijoias, uma vez que possui um valor inferior às peças de diamante legítimo e conseguem imitar perfeitamente os aspectos estéticos destas.

Venha com a Hésttia para entender tudo sobre a zircônia.

Quais os tipos de zircônia?

Por mais que seja uma peça produzida sinteticamente em laboratório especializados, a zircônia consegue ser extraída e classificada de diversos tipos diferentes, podendo destacar dois em especial: zircônia natural e zircônia cúbica.

A zircônia natural, como previamente estabelecido, é feita a partir da extração de algumas substâncias presentes no meio ambiente.

Esse tipo de zircônia encontra- se de forma cristalizada na natureza, compondo um sistema monoclínico, ou seja, possui três eixos cristalográficos que permitem observar a diferença entre a simetria dos cristais para determinar de qual sistema cristalino eles pertencem.

Por outro lado, a zircônia cúbica é a gema produzida no laboratório propriamente dito para tentar se assemelhar ao máximo à pedra de diamante.

Assim, devido a produção ser laboratorial, as oportunidades de criar vários padrões de cores e formatos diferentes é uma das características desse estilo de zircônia cúbica.

Além disso, tem uma alta durabilidade e uma capacidade de dispersão de luz maior que a do diamante, além de guardar a possibilidade de ser produzida em várias cores diferentes, por mais que as gemas incolores sejam mais comuns nas lojas de joias e semijoias que trabalham e vendem objetos deste material.

Desse modo, é possível afirmar que a zircônia consegue ser uma peça bastante versátil quanto ao seu estilo, variando no tipo a ser encontrado (natural ou cúbica) ou nas formas e cores a serem produzidas quando estão na área laboratorial.

Zirconia
Zirconia

A zircônia é boa?

Ao nos perguntarmos o que é zircônia, a próxima pergunta que surge na mente é se esse material é de boa qualidade e se realmente vale mais a pena investir nele do que nas peças de diamante propriamente ditas ou em outros tipos de joias.

A zircônia possui algumas vantagens bastante interessantes ao consumidor que podem encerrar com as dúvidas de qual modelo e material comprar.

As peças feitas com esse material conseguem se destacar se em comparação aos outros tipos de joias e semijoias presentes no catálogo do mercado atual.

Desse modo, a fim de realizar a democratização do acesso à informação sobre esse assunto e aumentar o conhecimento acerca das zircônias e todas os seus benefícios, será feita uma lista abaixo citando algumas dessas vantagens:

Exemplo disso é a qualidade da durabilidade. Joias e semijoias com o strass e o cristal também são muito parecidas com o diamante, buscando imitar essa pedra.

Porém, quando a questão é a durabilidade da peça e a maior vida útil que ela terá, as opções citadas não são as melhores para atingir objetivos a longo prazo.

Por outro lado, as zircônias conseguem suprir essa necessidade de ser uma peça durável e, ao mesmo tempo, se aproximar bastante com a estética do diamante, sendo considerada a alternativa mais efetiva.

Assim, combinando durabilidade com estética e um custo menor que as joias e semijoias cravejadas de diamante, a zircônia aparece como uma opção extremamente rentável, confiável e elegante.

Elas possuem uma natureza mais transparente que os demais materiais, conseguindo assumir a responsabilidade de não passar despercebida ao ser utilizada em anéis, brincos, colares e tantas outras semijoias.

Por isso, é muito importante destacar que ao fazer o uso de objetos que contém uma ou mais gemas de zircônia em qualquer disposição em que estão organizadas (pontos de luz, fileira de zircônia, etc), irão chamar a atenção de quem estiver no recinto.

Diante do exposto, é possível afirmar que além de apresentar a imensa durabilidade, esse material tem a capacidade de imitar com muito sucesso o brilho dos diamantes verdadeiros, cumprindo o seu papel em tentar se aproximar ao máximo das características dessa pedra.

O diamante é uma das pedras mais caras do mundo, justamente por sua alta dureza e durabilidade, uma vez que, dentre tantas especificações, ele só pode ser arranhado com outro diamante.

Com isso, é possível afirmar que nem todos os indivíduos da sociedade possuem o poder aquisitivo para gastar em joias e semijoias de diamante legítimo, por mais que seja uma peça extremamente valorizada na estética.

O diamante é uma pedra antiga e muito reconhecida pela sociedade, sendo usada por famosos, pessoas da alta classe social, entre outros, chamando a atenção por onde passa.

Além disso, é um material muito requisitado quando se trata de datas comemorativas especiais e memoráveis, a exemplo do aniversário de quinze anos, anel de noivado, aliança de casamento, bodas de ouro etc.

Em vista disso, é inegável que esse material é muito valorizado até os dias atuais, porém continua sendo mais caro que as outras peças encontradas nas joalherias.

Uma dessas peças é, justamente, a zircônia, que consegue suprir todas as necessidades e beleza que o diamante oferece, com extrema semelhança.

A quase igualdade entre essas peças é tanta que para distinguir as duas é preciso ter olhos muito bem treinados.

Assim, é possível inferir que, se você busca por uma peça elegante e durável igual ao diamante, mas não pode ou simplesmente não quer gastar a quantidade de dinheiro que uma peça de diamante exige, as joias de zircônia são uma opção perfeita para isso.

Zirconia
Zirconia

Ela escurece?

A zircônia é muito confundida com o diamante, podendo, inclusive, substituí-lo em diversas ocasiões.

Entretanto, por mais que as peças de zircônia possam oferecer as mais diversas vantagens sobre as peças de diamante, pelo simples fato de se assemelharem com estas e ter um valor inferior, elas possuem alguns pontos negativos.

A peça pode acabar escurecendo com o passar do tempo, devido ao acúmulo de resíduos, poeira, componentes químicos, choques térmicos e outras especificações que devem ser evitadas ao usar as peças.

Por mais que elas sejam de extrema durabilidade, a vida útil do material da zircônia pode ser diminuída caso não seja manuseado da forma correta, ou seja, caso seja submetido às ocasiões citadas acima e não, seja praticada a limpeza regular e os cuidados necessários.

Sendo assim, uma lista de cuidados que você pode ter com a sua peça de zircônia pode ser observada a seguir, visando espalhar o conhecimento acerca dessa peça e de como preservar a mesma:

Nesse âmbito, é muito recomendado que o consumidor guarde as peças desse material em um local adequado, a exemplo da própria caixa que veio junto à joia na hora da compra.

Ao guardar em lugares que não são apropriados, esses acessórios podem sofrer com a umidade elevada ou diferença constante de temperatura, além de resíduos que podem ser acumulados.

Por isso, ao fazer essa ação de manter sempre as joias e semijoias em questão guardadas as devidas caixinhas e compartimentos, você consegue evitar que elas se desgastam e, por consequência, aumentar a vida útil de cada objeto.

Com isso, você pode realizar a limpeza dos acessórios de vários jeitos, mas, o mais correto e indicado, é passar um produto específico para limpeza de zircônia.

Outra opção também é a contratação de um profissional para realizar a limpeza de forma correta, buscando sempre reavivar o brilho da peça e não estragar a mesma utilizando produtos caseiros que possam prejudicar.

Assim, exemplos como o perfume, hidratantes, água sanitária, lava louças, desinfetante, entre outros, são produtos que precisam ser evitados quando se usa um acessório com zircônia.

Por isso, ao realizar atividades domésticas como lavar a louça, lavar a roupa, lavar os ambientes da casa etc., é de extrema importância que você faça a remoção dos acessórios que contém pedras de zircônia.

Dessa forma, você consegue evitar que esses produtos químicos entrem em reação com o material dos acessórios que você possui, aumentando a duração da vida útil da peça.

A partir disso, é inegável que a zircônia pode escurecer com o tempo de uso e condições que a fazem mal.

Porém, o tempo em que ela escurece está ligado de forma direta com a qualidade de manutenção que o consumidor tem com essa peça, podendo evitar casos como o escurecimento do acessório.

Assim, é fato que a inserção dessas técnicas e dicas no dia a dia de quem possui peças com zircônia é indispensável para aumentar a vida útil das mesmas, garantindo a durabilidade que ela dispõe por natureza.

Quais as cores da zircônia e os significados?

As pedras de zircônio são muito conhecidas pelo seu teor espiritual e de energia, auxiliando no processo de reorganização dos chakras e mentalização de coisas boas.

Geralmente, como possui o objetivo de imitar ao máximo a pedra do diamante, a gema das zircônias é feita de forma parecida com a cor que a pedra preciosa do diamante é naturalizada.

Assim, é bastante comum encontrar pedras de zircônia incolores, se assemelhando ao máximo com o diamante e fazendo com que os índices de reflexão e refração da luz sejam maiores e, por consequência, o brilho aumente de maneira significativa.

Entretanto, quando nos perguntamos o que é zircônia em relação às diversas cores que pode assumir, conseguimos concluir que essa pedra pode ser feita de maneira a imitar qualquer tema que desejar, podendo assumir alguns significados específicos.

As cores desse cristal podem ser as mais variadas possíveis, principalmente nas aparências do verde, azul, laranja, amarelo e vermelho.

Cada cor pode ter um significado específico para, por exemplo, os tipos de cursos de graduação, sendo muito utilizadas em anéis de formatura na cerimônia de encerramento e na festa final do curso.

Além desse significado simbólico de conclusão da graduação, as cores nas pedras da zircônia podem assumir sinais de espiritualidade, uma vez que este cristal está muito ligado com as tendências espirituais e energéticas que rondam a nossa sociedade como um todo.

Por isso, para quem acredita, a zircônia pode ajudar no processo de cura por causa da sua capacidade muito forte de vibração e ligamento com o plano espiritual.

Zircônia
Zircônia

Além disso, pode auxiliar o desenvolvimento de uma intuição mais eficaz, estimulando o corpo, a mente e o espírito de forma que as práticas de meditação a partir desses cristais atinjam sua eficácia máxima e os objetivos finais.

Por tudo isso, é possível afirmar que ao realizarmos o questionamento de “o que é zircônia”, podemos concluir que é um cristal muito utilizado para várias ações, sejam elas puramente decorativas ao imitar diamantes e outras pedras ou para o objetivo espiritual sendo usada na meditação e outras práticas desse tipo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.